Beth Carvalho, a madrinha do samba deixa órfão os amantes do samba

Foto: Divulgação

E lá se foi uma estrela, deixando um legado inegável no samba. Música essa que nos representa muitíssimo bem lá no exterior.

Dona de hits atemporais como ‘O coisinha tão bonitinha do pai’ que não me admiro ver as novas gerações há conhecerem, pois, sua alegria contagiava e vai perdurar por muitos e muitos anos.

Mas a vida tem dessas surpresas, e dessa vez nos deu esse leve choque durante a tarde dessa terça-feira.

Acredito ser uma perda sem precedentes para o cancioneiro popular. Madrinha de ícones da música popular brasileira como o Zeca Pagodinho.

Ela tinha fama de ser puro coração, sempre disposta a ajudar aos amigos e quem precisava. Cantava para o povo e o representava através de suas canções.

Beth durante seus mais de 30 anos de carreira alcançou mais de quatro Prêmios Sharp, 17 Discos de Ouro, nove de Platina, dois DVDs de Platina, além de centenas de troféus e premiações.

Ela foi e sempre será um exemplo de que não existe problemas que nos impeça de seguir em frente e fazer o que amamos.

Um fato que ilustra isso muito bem, foi o show onde Beth se apresentou em cima de uma cama.  E emocionou a todos que acompanhou o espetáculo por sua determinação e paixão a música.

Foto: Divulgação

Hoje, faltando apenas 5 dias para completar 73 anos quando faria um show para comemorar sua data de aniversário. Ela nos deixa para brilhar lá no céu mas sua marca jamais será esquecida.

Deixe uma resposta