Cantor Jerry Adriani morre e deixa legado histórico no rock nacional

Morreu nesse domingo, 23, o Cantor e Compositor Jerry Adriani, devido a complicações em seu quadro de saúde. Ele estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, na capital carioca.

O cantor estava com 70 anos e deixa um extenso legado de hits na história do cancioneiro nacional.

Pontos marcantes da carreira

Entre seus maiores sucessos, está a canção “Doce, Doce Amor” que foi composta por ele em parceria com o cantor Raul Seixas, quando os dois tocavam na banda “Raulzito e os Panteras”.

De 1967 a 1968, participou de um programa de televisão na extinta TV Tupi, onde era apresentador ao lado de atrizes de renome como Betty Farias.

Durante a década de 70, fez shows na Venezuela, Peru, Estados Unidos, México, Canadá e outros países.

No início da década de 1990 chegou a gravar um disco onde fez releituras, dos maiores sucessos do rei do rock, Elvis Presley.

Em seguida, na mesma época fez uma participação no programa da Jornalista e atriz Marilia Gabriela, onde estavam presentes também os músicos da Legião Urbana.

O Mais interessante desse acontecimento, foi o fato de Renato Russo e Jerry Adriani terem grande similaridade na forma de cantar.

Pelos seus 70 anos, ele participou de três episódios do programa de televisão italiano “MilleVoci” por Gianni Turco, que irá ao ar em junho de 2017.

 

 

 

Deixe uma resposta