Samuca Luna encanta Juiz-Foranos com interpretações inéditas em “Cronovisor: Renato Russo de Corpo e Alma”

Por Lucas Gabriel MH

 

No último sábado, 29, Samuca Luna se apresentou no teatro Solar, trazendo a turnê “Cronovisor: Renato Russo de Corpo e Alma” em que fez releituras autênticas, e emocionantes dos maiores sucessos do cantor e compositor Renato Russo.

Entre as canções que marcaram a noite dos Juiz-Foranos está “ Vento no Litoral” onde Samuca cantou e interpretou com maestria a canção, acompanhado de imagens projetadas que ajudaram a contar um pouco dessa história.

A peça foi finalizada com a música “Tempo Perdido” onde Samuca fez a plateia ser parte da cena e trazer muita emoção.

Em seguida, após tirar fotos e receber o carinho do público, Samuca Luca nos concedeu uma entrevista que você confere na integra nessa matéria.

O SURGIMENTO DA PEÇA

Samuca Luna nos contou que o projeto começou quando ainda estava na faculdade de Psicologia, onde fez uma monografia sobre como os cantores e compositores brasileiros no geral, transformam tristeza em música.

Em seu trabalho, Samuca abordou diversos artistas brasileiros, entre eles Renato Russo.

“ Eu sempre tive muita vontade de tentar entender esse processo que acontece com os artistas, de transformar a tristeza em música” Disse Samuca Luna.

Cronovisor 4
Samuca Luna durante canção Tempo Perdido

Um exemplo muito interessante citado por ele foi em outro seguimento das artes, que é o da pintura. Onde os artistas desse ramo conseguem, através de quadros passar todo sentimento em cores, formas e traços.

Após finalizar esse projeto da faculdade, Samuca disse que aumentou nele a vontade de contar um pouco mais sobre a história das Letras da Legião Urbana.

“ Acho que as pessoas não percebem o que existe por trás das músicas da Legião, e por isso resolvi contar essas histórias. E aí me veio a ideia de ser no teatro”. Comentou.

Um dos principais motivos por ter escolhido o teatro, é por ser um ambiente onde geralmente não é permitido o uso de bebidas alcoólicas, e assim fazendo o público mergulhar nesses detalhes geralmente não percebidos nas músicas da Legião.

Samuca explicou que a Peça tem como objetivo não só voltar no passado de Renato, mas fazer a plateia viajar no tempo resgatando seu próprio passado.

“Durante essa viajem no tempo o público consegue se lembrar de amores passados, momentos vividos, como num Cronovisor”. Disse Samuca.

Quanto a ligação com a lenda envolvida com a peça, ele contou que veio de seus estudos sobre o campo religioso. E durante um estudo sobre a igreja católica ficou sabendo a respeito do Cronovisor.

“ O que sabemos é que o aparelho realmente existiu, porém não funcionava. Onde o inventor afirmava ter visto acontecimentos do passado. E com isso a igreja católica acabou destruindo a máquina, tornando o fato uma lenda na história” Contou Samuca.

Por isso acabou associando o terno junto a história que tinha a intenção de contar, por se tratar de uma viajem ao tempo através da emoção.

“Eu queria que o projeto fizesse com que as pessoas refletissem mais, e por esse motivo também acabei escolhendo o termo Cronovisor. ” Falou o músico.

CARREIRA

 

Cronovisor
Samuca Luna já produziu grandes artistas da cena nacional, como Nando Reis, e a cantora Tiê

Samuca disse que há 18 anos está envolvido no meio musical e artístico, iniciando sua carreira aos 16 anos. Onde organizou e coordenou pequenos shows de mágicos e peças teatrais.  A medida que trabalhava com a área da produção, foi adquirindo experiências e se aprimorando.

“Já produzi shows do Nando Reis, do Leone, Charlie Brow Jr, Kiko zambianchi. Trabalhei também com a banda Catedral, onde o vocalista possui uma voz muito parecida com a do Renato. Além de cantoras como Ana cañas, e a Tiê que está trabalhando junto comigo em minha nova turnê. ” Comentou.

Para Samuca, artistas de forma geral devem sempre optar pela autoprodução, pois o mercado fonográfico já não vende tanto quanto em décadas passadas, o que torna ainda mais complicado, pois é preciso além da autoprodução, uma organização de gastos e lucros. Afinal não é apenas a arte em si que importa. Pois o artista tem seus gastos, como estadia, alimentação e transporte. Sendo assim, tudo precisa ser levado em consideração antes de fazer uma turnê ou apresentação.

“Trabalhar como produtor ajudou na minha carreira, e isso é muito importante para mim. ”

Em relação a questão do crescimento como músico, Samuca disse que é necessária muita dedicação, além de estar envolvido com diversos grupos de pessoas da área, reuniões de músicos, frequentando shows e workshops, principalmente onde tenha produtores envolvidos.

“Hoje o artista é o seu próprio produtor. Eu antes de vir para Juiz de Fora, tive que fazer todos os cálculos em relação a questão de gastos, como por exemplo a questão da passagem aérea, a locação do teatro que não é barato, enfim tenho como artista que pensar em todos os custos envolvidos em uma produção. E isso tem que voltar para mim e me dar lucro. ” Disse Samuca

Samuca comentou que entre os artistas atuais, Thiago Iorc é um grande exemplo de quem trabalha se autoproduzindo, indo além do lado cantor.

A PARCERIA COM TIÊ

Samuca nos contou que a relação com a cantora Tiê surgiu, desde quando ele a produziu, e após esse evento manteve contato com a produtora dela.

Mais após ver um post no Twitter, onde Tiê anunciava que iria fazer alguns shows em Madrid, na Espanha. Resolveu entrar em contato, onde começaram a conversar sobre uma possível parceria.

Dessa conversa, surgiu o projeto onde já previsto uma série de apresentações, em que Tiê irá interpretar as canções da cantora Cássia Eller e Samuca as de Renato.

Entre os locais onde aconteceram os shows, está previsto nas cidades de Recife no estado de Pernambuco, e no Acre onde a cantora Tiê se apresentará pela primeira vez, e na cidade de Porto Velho em Rondônia.

A TEMPESTADE COMO PRÓXIMO TEMA

Samuca comentou que a ideia de produzir um Cronovisor dedicado ao disco a tempestade surgiu, devido a muitos pedidos recebidos pelos fãs de Renato e da própria Legião Urbana.

“Eu me propus a estudar as músicas e não fazer igual ao Renato, até por que eu tenho um respeito tão grande por ele, que acredito ser algo inimitável” Disse o artista.

Além disso Samuca acredita que este disco seja um dos mais emblemáticos da carreira do cantor, principalmente pelo fato de representar os últimos dias da vida de Renato Russo, onde ele já estava ciente de seu grave quadro de saúde.

Para saber os próximos shows

Fala galera, espero que tenham gostado dessa matéria.E para quem esteja afim de saber mais sobre esse grande artista que é Samuca Luca, basta apenas clicar no link abaixo e conhecer seu site. Vlw!

Link aqui para o site

0 comentário em “Samuca Luna encanta Juiz-Foranos com interpretações inéditas em “Cronovisor: Renato Russo de Corpo e Alma””

  1. Realmente esse espetáculo é emocionante e fico muito feliz de ele vir mais uma vez para o Acre. Estarei lá mais uma vez com certeza.

Deixe uma resposta