fbpx
qua. out 16th, 2019

InSitte Blog

O InSitte Blog é uma revista 100% eletrônica de cultura, entreterimento e esporte juiz-forano que trabalha com os mais variados assuntos a nível nacional e internacional.

Bright marca boa fase nas produções da Netflix

3 min read

Lançado na última semana de dezembro, Bright conquistou fãs pelo mundo a fora trazendo a união entre a realidade e a distopia. Para quem curte o gênero fantasia, ou filmes de ação policial no mundo cinematográfico, está aí uma boa pedida para assistir neste período de férias.

Parece que o novo filme de David Ayer acertou em cheio ao mesclar gêneros ligados ao mundo distópico pois em apenas 3 dias de lançamento do filme. Ele que não foi muito feliz com a produção em 2016 de “Esquadrão Suicida’, junto com sua equipe de produção conseguiu chegar a marca de 11 milhões de pessoas que assistiram a produção. Algo ainda não visto se tratando de um lançamento ligado ao meio do streaming.

foto 1
Cena durante o filme

Um time de peso

Uma das estrelas que marcou presença no longa é Wil Smith, ator, rapper e produtor que tem entre os sucessos de sua carreira “M.I.B Homens de preto” e “A procura da felicidade”. O interessante de se trabalhar com a distopia em um roteiro com é o caso de Bright é poder criar o choque de realidade entre as pessoas que assistem ao filme e problematizar de forma inovadora assuntos como a diferença entre culturas e o preconceito.

Outro artista de renome que fez parte da produção foi Joel Edgerton, trazendo vida ao personagem Nik Jacob. O qual trouxe a veia cômica do longa. Para se ter uma noção do alto calão ligado a ele, entre os filmes que este ator possui em seu currículo está o premiado “O Grande Gatsby”.

foto 2

Fotografia de peso

As imagens não deixaram nada a desejar dos curtas atuais. Fica claro a intenção da Netflix quanto a enveredar por esta área, e a vontade que eles possuem de competir lado a lado com produtoras de grande renome do cinema mundial como a Warner Bros ou a Paramount por exemplo.

Como a maioria das cenas se passam durante o período noturno, utilizaram de efeitos visuais levas a fim de tornar o mais leve possível.

foto 4

Sucesso em pouco tempo

Que as plataformas de streaming são um sucesso, isso nós já sabemos. Mas a medida que o tempo está passando a corrida do mundo cinematográfico vem aumentando a disputa entre o cinema e as produções originais destas plataformas digitais.

Para se ter uma noção a Nielsen, empresa de coleta de dados dos Eua, o longa superou a estreia da séria The Crown.

foto 3

Ação de marketing inusitada

Como uma forma de chamar a atenção a Netflix acetou em cheio ao convidar o ex-âncora do ‘Jornal Hoje’, programa de notícias que passa durante as tardes da Globo.

O legal foi que aproveitaram do grande sucesso que Evaristo Costa vêm fazendo já a algum tempo e capricharam na montagem bem humorada. E o que poderíamos esperar? Foi um sucesso e ajudou muito na audiência aqui nas terras brasilis.

A história continua

Pois é, o primeiro filme desta que promete ser uma franquia de sucesso mal estreiou e já existe a notícia confirmada da segunda produção de Bright.

A informação foi postada no Twitter de uma forma bem pitoresca digamos assim. Pois a Netflix para causar impacto e seguir o humor de sempre nas suas peças publicitárias postou um vídeo no micro blog simulando um teste com os orc’s (personagens do filme) para o próximo longa.

Para curtir e assistir

Fala In Sitte, após esse nosso bate-papo segue logo abaixo os trailer’s  de Bright. Até mais galera, Bom filme!

 

 

0 thoughts on “Bright marca boa fase nas produções da Netflix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<
Copyright © All rights reserved. InSitte Blog